Causas e sintomas das alergias alimentares - Dieta do Ovo

Causas e sintomas das alergias alimentares

Boa parte das pessoas sofre, ou já sofreu, de amigdalite, bronquite, refluxo, enxaqueca, olheiras, dores musculares, ansiedade, depressão ou compulsividade. A lista é grande e todos eles podem ter uma causa em comum: as alergias alimentares. 

Alguns ingredientes podem causar reações alérgicas. Os de maior potencial alergênico são aqueles com proteínas de difícil digestão, consideradas substâncias pró-inflamatórias. No topo da lista estão o leite de vaca, trigo (glúten), ovos, amendoim, peixes e frutos do mar, milho e cítricos, como laranja e limão. No Brasil, alguns desses alimentos estão entre os mais consumidos. 

Leia Também – Alimentos Sem Glúten, Como Comer e quais os Benefícios

Tais alergias podem ser imediatas, quando basta um contato com o alimento para desencadear os sintomas, ou tardias, quando só se manifestam após frequente ingestão. 

As alergias imediatas geram sintomas mais graves, mas são muito menos prevalentes do que as tardias e mais fáceis de serem diagnosticadas. De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 3% dos brasileiros adultos e de 6 a 8% das crianças de até 3 anos têm algum tipo de alergia imediata. 

Ela acontece quando o sistema imunológico reage contra uma proteína alergênica, causando edema de glote, urticária, vômito, diarreia. Essas reações podem acontecer de minutos até oito horas após o contato com o antígeno. 

Não há pesquisas sobre o número de pessoas que sofrem com alergias tardias. Especialistas acreditam que elas atinjam, com mais ou menos intensidade, a maioria da população. 

Uma particularidade importante no processo de alergias tardias, ou hipersensibilidade, é que a liberação de histamina em pequenas quantidades, causada pela substância alergênica, gera uma sensação de prazer e conforto, já que ela é um relaxante cerebral. 

Portanto, a ingestão do alimento causador da alergia primeiro é ligado ao prazer e não aos sintomas que ele trará, muitas vezes levando a uma dependência de consumo, por exemplo : chocolates, laticínios, doces. Por que as pessoas estão ficando mais alérgicas? 

Cerca de 3% dos brasileiros adultos e de 6 a 8% das crianças até 3 anos têm algum tipo de alergia imediata 

O aumento da ingestão de produtos industrializados que têm na sua composição elementos alergênicos, como o leite e seus derivados, soja e trigo pode ser uma das causas. Normalmente, esses produtos também são compostos de inúmeros aditivos químicos, prejudiciais à saúde. 

Estes alimentos não têm quase nenhum valor nutricional e têm sido consumidos no lugar de frutas, verduras, legumes, que são fontes de micronutrientes e Ômega 3, necessários para defender o organismo de substâncias alergênicas. Esse mau comportamento alimentar expõe o organismo e diminui a sua capacidade de tolerá-los.

dietaedietas.com.br

Deixe um comentário