Dieta Para Hipertrofia Para Iniciante Definição e Dicas

A dieta para hipertrofia vai auxiliar no ganho de músculos. O consumo de alimentos específicos te ajudará a aumentar a massa muscular, sem acumular gordura. O ideal é encontrar dietas balanceadas que ofereçam todos os nutrientes necessários para o organismo funcionar e também potencializar o desenvolvimento dos músculos.

É preciso dizer que há diversos programas oferecendo o ganho de massa magra, incluindo propaganda de produtos que forçam o aumento dos músculos. Mas o ideal é aliar os treinos de musculação com receitas de dietas específicas que não sejam restritivas.

Há quem abuse de proteína por ela ser a grande responsável pelo crescimento muscular, mas sustentar sua alimentação apenas nesses alimentos pode ser um grande perigo.

Dieta para hipertrofia o que comer?

Profissionais de saúde indicam o consumo de alimentos antes do treino para garantir a energia necessária para os exercícios físicos.

Antes de sair para malhar consuma carboidratos como pães, bolos simples, torradas, frutas sem casca, biscoitos salgados e água de coco. Esses alimentos são fáceis de serem digeridos, sendo assim em pouco tempo são transformados em energia.

Após o treino é necessário voltar a consumir carboidrato e proteína. Então em até 1 hora após os exercícios é preciso comer alimentos como cereais, batata, pão, massa, raízes, clara de ovo, peixe, frango, carne vermelha, leguminosas e iogurte.

Esses alimentos serão os responsáveis em recuperar a energia gasta durante o treino, então não deixe de consumi-los.

Os alimentos que oferecem proteína são: clara de ovo, queijos, leite, iogurte, carnes magras, peixe e aves. Ter esses ingredientes na alimentação diária é essencial para a dieta para hipertrofia muscular.

Dieta hipertrofia e Definição Cuidados básicos

Quem busca pela melhor dieta para hipertrofia tem que ficar atento com as falsas informações. O ideal é cumprir a rotina de exercícios físicos que desenvolverão os músculos e cuidar da alimentação para que o organismo consiga funcionar corretamente.

Ao longo do dia não deixe de consumir frutas e vegetais e nem as leguminosas como soja, feijão, lentinha, ervilha e grã de bico que também oferecem proteína. Outra dica valiosa tomar muita água para manter o corpo hidratado e para fazer com que a fibra consumida não fique parada, prendendo o intestino.

Também é importante dizer que nenhuma refeição deve ser pulada, pois isso pode fazer com que o organismo trabalhe para eliminar a massa muscular, o que não é o objetivo dessa dieta.

Antes de adicionar qualquer produto industrializado como suplementos alimentares no cardápio, procure um nutricionista para receber as indicações necessárias para o seu corpo.

Deixe um comentário